Notícias da área jurídica

28 de novembro de 2013, às 07h46min

Advogado disponibiliza modelo de ação indenizatória contra o app Lulu

 

A polêmica desta semana nas mídias sociais está sendo, sem dúvidas, o aplicativo Lulu, com o qual mulheres podem avaliar homens e compartilhar com outras usuárias suas impressões. Logo que se popularizou, o app se tornou alvo de críticas e muitos homens já demonstraram insatisfação, pela exposição desautorizada.

 

Um exemplo é um estudante de Direito que entrou com uma ação contra o aplicativo e contra o Facebook (o app usa dados sincronizados com a rede social) na 2ª vara do Juizado Especial Cível de Vergueiro, em São Paulo. Ele pleiteia uma indenização de R$ 27 mil.

 

O advogado que representa o estudante no caso, Fabio Scolari - do escritório Scolari, Garcia & Oliveira Filho, disponibilizou o modelo de petição utilizado no caso. Está aí o provável ponto de partida para mais um capítulo dessa celeuma que promete grandes emoções. 

 

Clique aqui para ter acesso ao modelo da petição.

 

Fonte: Portal Administradores.com
Autor: Redação do Administradores.com
Categoria: Direito Civil

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
25 de junho de 2015, às 09h02min
O ministro Moura Ribeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), suspendeu o andamento de ações coletivas propostas contra a operadora Oi Mó...
05 de junho de 2015, às 12h13min
O Diário da Justiça do Trabalho publicou, na edição desta segunda-feira (01), recomendação, N° 001/2015, do presidente do Tribunal Regional ...
12 de junho de 2015, às 16h59min
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível, em decisão unânime, negaram provimento a recurso interposto pela companhia de energia do estado de Al...
NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
09 de junho de 2015, às 08h42min
São Paulo - Pela primeira vez um aplicativo foi usado para fechar acordo de conciliação entre um trabalhador e uma empresa. As partes do pro...
09 de junho de 2015, às 09h46min
O Juiz de Direito do 1º Juizado Especial Cível de Brasília julgou parcialmente procedente os pedidos de um passageiro para condenar a empres...
09 de junho de 2015, às 09h12min
Uma aluna de mestrado receberá indenização de danos materiais e morais porque a faculdade não obteve o credenciamento do curso no Ministério...