Notícias da área jurídica

28 de novembro de 2013, às 07h46min

Advogado disponibiliza modelo de ação indenizatória contra o app Lulu

 

A polêmica desta semana nas mídias sociais está sendo, sem dúvidas, o aplicativo Lulu, com o qual mulheres podem avaliar homens e compartilhar com outras usuárias suas impressões. Logo que se popularizou, o app se tornou alvo de críticas e muitos homens já demonstraram insatisfação, pela exposição desautorizada.

 

Um exemplo é um estudante de Direito que entrou com uma ação contra o aplicativo e contra o Facebook (o app usa dados sincronizados com a rede social) na 2ª vara do Juizado Especial Cível de Vergueiro, em São Paulo. Ele pleiteia uma indenização de R$ 27 mil.

 

O advogado que representa o estudante no caso, Fabio Scolari - do escritório Scolari, Garcia & Oliveira Filho, disponibilizou o modelo de petição utilizado no caso. Está aí o provável ponto de partida para mais um capítulo dessa celeuma que promete grandes emoções. 

 

Clique aqui para ter acesso ao modelo da petição.

 

Fonte: Portal Administradores.com
Autor: Redação do Administradores.com
Categoria: Direito Civil

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
02 de março de 2015, às 11h55min
A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deu provimento ao recurso de um homem para permitir a alteração do registro de nascim...
03 de março de 2015, às 15h23min
Uma comerciária que era obrigada a entoar gritos de guerra e rebolar na frente dos colegas durante "rituais motivacionais" conquistou na Jus...
18 de março de 2015, às 09h45min
A Vara do Juizado Especial Cível de São Bernardo do Campo condenou um homem ao pagamento de indenização, por danos morais, no valor de R$ 15...
NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
02 de março de 2015, às 11h44min
A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu que o contrato de seguro de automóvel não é título extrajudicial e, portanto,...
02 de março de 2015, às 11h55min
A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deu provimento ao recurso de um homem para permitir a alteração do registro de nascim...
02 de março de 2015, às 14h05min
Em decisão monocrática, o desembargador Gerson Santana Cintra condenou a Universidade de Rio Verde (Fesurv) a pagar R$ 2 mil de indenização ...