Notícias da área jurídica

20 de junho de 2013, às 17h59min

FGV anula questões 3 e 4 de Civil e várias peças de Tributário no X Exame de Ordem

 

A Fundação Getulio Vargas e a Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado comunicam  a anulação das questões 3 e 4  da prova de Direito Civil e a aceitação de mais de um tipo de peça processual em Direito Tributário, no X Exame de Ordem. Confira:

 

“COMUNICADO

 

A Fundação Getulio Vargas e a Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado, no intuito de dissipar eventuais dúvidas e de preservar a segurança e lisura do X Exame de Ordem Unificado, comunicam aos examinandos que realizaram a prova práticoprofissional no último dia 16 de junho:


- a anulação das questões nº 3 e 4 do caderno de provas de Direito Civil, sendo a pontuação correspondente atribuída integralmente a todos os examinandos que realizaram a prova nessa área, conforme disposto no item 5.8 do edital de abertura;

 

- a aceitação de mais de um tipo de peça processual como resposta ao problema proposto na prova prática de Direito Tributário, cujos fundamentos serão divulgados por ocasião da publicação do padrão de respostas;

 

- que o conflito existente entre a cobrança de entendimentos jurisprudenciais e a possibilidade de consulta à jurisprudência na 2ª fase será revisto no edital do próximo Exame de Ordem.


Brasília, 20 de junho de 2013.”

 

Fonte: Fundação Getúlio Vargas
Categoria: Exame de Ordem

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
19 de fevereiro de 2015, às 12h47min
Acompanhando o voto do relator, ministro Humberto Martins, a Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou recurso de policia...
25 de fevereiro de 2015, às 18h07min
TERESINA — O juiz da Central de Inquérito da Comarca de Teresina, do Tribunal de Justiça do Piauí, Luiz Moura Correia, determinou que todas ...
19 de fevereiro de 2015, às 15h17min
A Medida Provisória (MP) 664/2014, que alterou regras do sistema de Previdência Social no final do ano passado, voltou a ser questionada no ...
NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
02 de fevereiro de 2015, às 15h13min
O Hospital Santa Helena foi condenado a pagar indenização aos filhos de uma paciente por exigir cheque caução como condição para interná-la ...
02 de fevereiro de 2015, às 10h34min
A Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) teve negado pedido de suspensão de liminar pela ministra Laurita Vaz, vice-presidente do Superior...
02 de fevereiro de 2015, às 11h29min
Uma trabalhadora será indenizada em danos morais após provar na Justiça do Trabalho que sofria pressões psicológicas de suas coordenadoras n...