Reajuste de auxílio-alimentação de servidores é adiado

Créditos: Cherries / Shutterstock.com

O acordo firmado entre a AAJUMP (Associação dos Assistentes Jurídicos do Ministério Público de São Paulo) e o Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) sobre o reajuste do auxílio-alimentação não foi cumprido. Em 5 de maio, quando a AAJUMP divulgou a informação, a direção da instituição havia se comprometido a aumentar o benefício para R$ 900,00 a partir de junho. No entanto, a associação foi informada na última quinta-feira (25/5) que o pagamento não será feito no próximo mês.

Segundo o MPSP, o acordo está mantido, porém o reajuste foi adiado em virtude de o Estado não ter realizado os repasses financeiros necessários. “Continuamos dialogando para que esse aumento seja concedido em julho”, afirma Vinicius Mendes, presidente da AAJUMP.

A outra conquista definida na reunião do começo deste mês – o índice de 5,2% referente à data-base da carreira, em junho – está mantido. “Lamentamos o imprevisto, mas reafirmamos o compromisso de manter o trabalho em prol de melhores condições para os assistentes jurídicos paulistas”, cravou Mendes.

Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico.

- Sêneca

O dia que chegar, chegou. Pode ser hoje ou daqui a 50 anos. A única coisa certa é que ela vai chegar.

- Ayrton Senna