Biblioteca do Tribunal de Justiça da Paraíba disponibiliza cerca de sete mil obras para consulta de usuários

Biblioteca do TJPB disponibiliza cerca de sete mil obras para consulta de usuários
Créditos: LANTERIA / shutterstock.com

Aproximadamente sete mil obras nas áreas Jurídica e Administrativa, compostas por coleções de livros, periódicos (jornais e revistas científicas) e materiais especiais, como relatórios de gestão e outras produções do próprio Judiciário. Esse é o acervo da Biblioteca Desembargador Osias Nacre Gomes do Tribunal de Justiça da Paraíba, que está disponibilizado para consultas dos servidores, magistrados e público em geral que queira utilizar os serviços do setor.

O acesso ao local é público e gratuito, funciona das 7h30 às 18h, de segunda a quinta-feira, e das 7h às 14h, na sexta-feira. Qualquer pessoa tem livre acesso à Biblioteca, mas o empréstimo dos livros é restrito aos servidores, magistrados e estagiários do Judiciário. Para utilizar esse serviço, juízes e servidores devem fazer um cadastro, informando o número da matrícula e, para os estagiários, o número da identidade ou CPF.

Com um acervo diversificado, a Biblioteca oferece um ambiente favorável ao estudo e à pesquisa, dispondo de sala climatizada com cabinas individuais e mesas para estudo coletivo, computadores com acesso a internet, banheiros exclusivos e escaninho para guarda volumes.

A Biblioteca disponibiliza o acesso a jornais e revistas por meio do Setor da Hemeroteca (fica no arquivo geral do TJ em Bayeux), cujo acervo é constituído de diários oficiais do Estado, da União, do Judiciário da Paraíba e da União como também jornais de circulação local.
O Setor recebe mais de 100 pessoas por mês. De acordo com a Gerência de Acervos, a Biblioteca é bem frequentada. “No mês de maio, por exemplo, recebemos 121 usuários. Temos procurado atender bem a esse público. Recentemente, conseguimos a doação do acervo da Biblioteca do Fórum Cível da Capital. Quando soubemos que estava para ser desativada, nos mobilizamos e conseguimos trazer para nós”, afirmou Talita Rosa.

Para viabilizar um acesso e uma pesquisa mais rápidos, a Biblioteca também dispõe de um link no site do TJPB, onde o próprio usuário pode pesquisar por livros, legislações e jurisprudências do próprio Tribunal.

Para os interessados em conhecer a Biblioteca Desembargador Osias Nacre Gomes, o setor oferece uma visita orientada, que tem como objetivo apresentar aos visitantes e novos usuários suas instalações, o tipo de acervo, distribuição, classificação, funcionamento, além dos produtos e serviços oferecidos.

Histórico – A Biblioteca do Tribunal de Justiça da Paraíba, situada no prédio do Palácio da Justiça, na capital paraibana, teve sua origem na gestão do desembargador Amaro Gomes Carneiro Beltrão, no período de 1895 a 1907, com a finalidade de atender às demandas de informações especializadas decorrentes das atividades jurisdicionais e administrativas dos magistrados e servidores do Tribunal, bem como do público geral, no desenvolvimento das atividades de pesquisa e trabalhos na área de direito. Primeiramente denominada Biblioteca do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, passou a se intitular Biblioteca Osias Nacre Gomes no ano 2000 por meio da Resolução nº 24 do TJPB.

Fonte: Tribunal de Justiça da Paraíba

Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico.

- Sêneca

O dia que chegar, chegou. Pode ser hoje ou daqui a 50 anos. A única coisa certa é que ela vai chegar.

- Ayrton Senna