Associação e subprocurador do MP participam de debate sobre valorização de carreira na Alesp

A diretoria da Associação dos Assistentes Jurídicos do Ministério Público do Estado de São Paulo (AAJUMP) participou na última sexta-feira, ao lado do subprocurador de Justiça e Planejamento do MP, Paulo Sérgio de Oliveira e Costa, do diretor-geral, Ricardo de Barros Leonel, e do coordenador de Assuntos Estratégicos, José Carlos Cosenzo, de um debate sobre a valorização dos servidores do MP, na Assembleia Legislativa de São Paulo.

O convite foi feito pelo deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL), membro titular da Comissão de Educação.  O presidente da AAJUMP, Vinicius Mendes, fez parte da mesa principal e chamou a atenção para a importância da aprovação do Projeto de Lei Complementar no. 64/15, que tramita em regime de urgência na Assembleia Legislativa de São Paulo e trata da reestruturação de carreiras no Ministério Público. Para Mendes, a valorização dos servidores deve ter caráter contínuo.

O subprocurador do MP Paulo Sérgio reafirmou que é compromisso absoluto da Procuradoria-Geral de Justiça aprovar o Projeto de Lei Complementar 64/15. O PLC altera dispositivos da Lei Complementar Estadual nº. 1.118, de 1º. De junho de 2010, que dispõe sobre o plano de Cargos e Carreiras dos Servidores do MP paulista. A lei, na ocasião, criou o cargo de assistente jurídico, que atua diretamente com os promotores. Agora, com as funções estabelecidas, a categoria defende que haja um reajuste nas condições de carreira.

Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico.

- Sêneca

O dia que chegar, chegou. Pode ser hoje ou daqui a 50 anos. A única coisa certa é que ela vai chegar.

- Ayrton Senna