Acusados de vários assaltos cumprirão penas que chegam a mais de 18 anos de prisão

46
Créditos: FOTOKITA/Shutterstock.com A juíza Adriana Aguiar Magalhães, titular da 5ª Vara Criminal de Fortaleza, condenou quatro réus à reclusão, em regime fechado, sem direito a apelar em liberdade. Os acusados foram condenados por roubos qualificados continuados (com emprego de arma e em concurso de pessoa) contra várias de vítimas e por associação criminosa. Os réus Valdemberg Lima de Barros e Tiago Vieira de Morais cumprirão, cada um, 18 anos e nove meses. O acusado Kefferson Lima de Sousa teve a pena fixada em 14 anos e sete meses. Já a ré Gleiciane Pereira de Oliveira cumprirá 13 treze anos e dois meses. As penalidades foram calculadas tendo em vista as quantidades de vítimas identificadas (que reconheceram cada réu) e de bens apreendidos (denotando os números de roubos). A juíza ressaltou que, em juízo, todos os réus negaram a autoria delitiva. “As declarações dos acusados, entretanto, destoam dos demais elementos de prova constantes no caderno processual em tela, e tal assertiva se reveste de autenticidade ainda superior quando conhecidas as versões das testemunhas de acusação a respeito dos fatos”, afirmou. A magistrada explicou que foi julgada “uma série de roubos ocorridos em bairros vizinhos contra vítimas distintas, em sua grande maioria

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados