Justiça decreta prisão de detido com armamento de guerra

Zolnierek/Shutterstock.com

O juiz Marcelo Alberto Chaves Villas, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, converteu a prisão em flagrante em preventiva de Tiago Claudino de Souza, detido com armas, granadas e munição.

A Polícia Militar encontrou o armamento acondicionado dentro de uma mala, no buraco do piso da cozinha de um imóvel no Alto de Olaria, Morro da Pedra. Foram apreendidos dois fuzis (AK-47 e AR 15), 22 carregadores para pistola 9 mm, cinco carregadores alongados para 30 projéteis também de calibre 9 mm, 10 granadas, 399 cartuchos calibre 5.56, 168  cartuchos calibre 7.62 para fuzil AK-47 e 49 munições calibre 7.62.

Na decretação da prisão, o juiz assinalou que “o armamento em voga é de guerra, havendo dois fuzis (um AK-47 e um AR-15), farta munição de calibre estrito e dez granadas. Com certeza, é um avanço do tráfico de drogas que está em todo o Estado e quer não só se fortalecer na capital, mas migrar para as cidades do interior impondo o controle territorial, o que é característico da facção criminosa em voga Comando Vermelho. A comunidade Alto de Olaria já é dominada por tal facção”.

Fonte: Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro


Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico.

- Sêneca

O dia que chegar, chegou. Pode ser hoje ou daqui a 50 anos. A única coisa certa é que ela vai chegar.

- Ayrton Senna