O Que Esperar do Mercado de Imóveis para 2018

73
As expectativas para o próximo ano são otimistas. O reaquecimento da economia do país e a retomada do mercado imobiliário estão entre as mais aguardadas   Em 2017, a população brasileira ainda sofreu com os efeitos da crise econômica que assola o país e que provocou grande instabilidade em diversos setores responsáveis por movimentar a economia do país. Com o endividamento e a perca do poder de compra da classe C, os investimentos perderam força devido às altas taxas de juros aplicadas, além de uma diminuição considerável das linhas de crédito. O mercado imobiliário também foi duramente afetado e apesar de ter demonstrado pequenos sinais de recuperação no segundo semestre do ano, o setor pode voltar ainda mais forte em 2018. Apesar das perspectivas serem otimistas em relação o próximo ano, é preciso lembrar que após os tempos sombrios, a população costuma agir com mais ponderação para evitar o comprometimento de grandes valores diante da instabilidade. Entretanto, com a retomada do crescimento econômico, principalmente em setores que geram empregos, como o mercado de imóveis, os cidadãos podem voltar a investir. É possível tirar lições da crise? Quem aí nunca ouviu aquele velho ditado: “se não aprendeu no amor, vai aprender

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados