Produção da indústria cresce 2,5% depois de 3 anos de queda

0
29

Dados são do IBGE. Resultado foi o melhor desde 2010, beneficiado pelo aumento da produção de veículos

Depois de três anos seguidos em queda, a indústria brasileira voltou a crescer em 2017 e apresentou uma alta de 2,5%. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado da indústria foi o melhor desde 2010, quando o avanço da produção industrial foi de 10,2%.

Por mais que o resultado tenha sido positivo, ele ainda não alcança o patamar em que já esteve anteriormente. A distância do pico da série histórica, que ocorreu em junho de 2013, ainda é de 13,8%, de acordo com André Macedo, gerente de coordenação da indústria do IBGE.

Ele diz, porém, que o distanciamento já foi muito maior, como se viu em fevereiro de 2016, em que a distância era de 21,6%.

Alta na produção da indústria brasileira

Ao comparar dezembro com novembro, o crescimento foi de 2,8%, maior desde junho de 2013, que havia sido de 3,5%.

O maior responsável por todo esse aumento é o setor de veículos automotores, reboques e carrocerias, cujo crescimento foi de 17,2%. A expansão do setor automotivo aconteceu por causa da exportação recorde de 762 mil veículos, bem como por aquisições de taxistas e empresas no mercado interno. A Fenabrave informa que as vendas no varejo, para o consumidor comum, ainda não se recuperaram.

Os demais setores da indústria que se destacaram no crescimento foram os de produtos do fumo (20,4%); equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (19,6%); metalurgia (4,7%); indústrias extrativas (4,6%); produtos de borracha e material plástico (4,5%), entre outros.

Quanto às grandes categorias econômicas, o crescimento dos bens de consumo duráveis (13,3%), foi destaque, impulsionado pela fabricação de eletrodomésticos e automóveis. Os bens de capital cresceram 6%, sob influência direta do aumento de produção de equipamentos de transporte (7,9%), de uso misto (18,8%) e para construção (40,1%).

 

Fonte oficial: G1