Petição – Família – Ação de inventário por arrolamento pelos pais do de cujus

126

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA …. VARA CÍVEL DA COMARCA DE ….

………………….. e ……………. residentes e domiciliados na Rua …. nº …., portadores das Cédulas de Identidade/RG nºs …. e …. e CPF/MF nºs …. e …. vêm, perante Vossa Excelência, através dos seus advogados (doc. ….) que recebem intimações no endereço infra-declinado, propor, pelo

RITO DE ARROLAMENTO, o INVENTÁRIO

das posses transmitidas por …., sob as condições abaixo expostas.

  1. O autor da herança, …. solteiro e sem descendentes, faleceu em …/…/… (doc. ….), era portador da Cédula de Identidade/RG nº …., expedida em …/…/… pela …. (doc. ….), e CPF/MF nº …. (doc. ….).

  2. Seus progenitores, ora demandantes, já qualificados no prelúdio, são os herdeiros legítimos do “de cujus”, portam as recognições acima descritas (docs. ….).

  3. Passou bens móveis, que são:

3.1. Uma camionete …., certificado de registro …., placa …., ano …., chassis ….., no valor de R$ …. (….). (doc. ….)

3.2. Os direitos de uso sobre o terminal telefônico identificado pelo contrato número …. no valor de R$ …. (….), (docs. ….).

  1. Os impetrantes encontram-se no poder dos bens da herança (art. 987, do Código Civil). Para a conclusão deste rito, requeresse o arrolamento previsto nos artigos 1.031 a 1.038, do Código de Processo Civil.

  2. Os bens desta herança serão divididos entre os demandantes, restando ao progenitor o veículo descrito no item 3.1. supra, e à mãe o bem descrito no item 3.2., supra.

  3. Reivindicam a Vossa Excelência, obter a presente, finalizá-la, dar nome ao inventário, o impetrante masculino, julgou provida a repartição da forma que fora definida, determinando a adjudicação dos bens de acordo a proposta supra e mandar expedir alvará e/ou ofício ao “DETRAN” e à “TELEPAR”, para que procedam às anotações de estilo.

Dão ao feito o valor de R$ …. (….).

Termos em que,

Pede deferimento.

…., …. de …. de ….

………………
Advogado OAB/…

DEIXE UMA RESPOSTA