Whatsapp vira meio de escolha de seções judiciárias no TJPR

285
whatsapp
Créditos: Gutaper | iStock

O desembargador Renato Braga Bettega, presidente do TJPR, deliberou o uso do aplicativo de mensagens Whatsapp, da empresa Facebook, para a escolha de seções judiciárias a serem preenchidas por novos magistrados no Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR).

Com tal medida do presidente do TJPR, os candidatos que residem em outros Estados e nas cidades do interior do Paraná não precisam se deslocar até Curitiba (PR) apenas para escolher as seções.

Por meio de um grupo criado no aplicativo de mensagens WhatsApp, os candidatos manifestaram sua escolha individual no prazo de 24 horas, seguindo o critério da classificação final do concurso de ingresso para a magistratura.

A seleção das seções judiciárias do Poder Judiciário do estado do Paraná aconteceu em oito dias, que iniciou no dia 2 de agosto e foi finalizada no dia 10.

Dessa forma, os novos magistrados já sabem onde vão iniciar suas carreiras sem a necessidade do deslocamento, restando apenas a espera pela cerimônia de nomeação e posse. (Com informações do Migalhas.)

DEIXE UMA RESPOSTA