Engenheiro pagará indenização por serviço incompleto

74
Profissional indenizará consumidor em Rio Branco/AC Créditos: Jakraphong Pongpotganatam / iStock O Juízo da 5ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco, no estado Acre, condenou um engenheiro ao pagamento de R$ 13.478,00 a título de indenização de danos materiais, bem como R$ 5 mil por danos morais, já que não finalizou o serviço contratado. O consumidor contratou seus serviços do engenheiro para executar obra de contenção e muro divisor em seu terreno, mas o profissional realizou somente parte do serviço. O cliente precisou gastar mais para reparar o serviço. O engenheiro não apresentou a sua defesa, e foi decretada sua revelia. A juíza observou que a condenação do requerido dependia de apresentação de prova sobre o direito alegado. Conforme constatou, “as fotografias juntadas aos autos (…), somada aos depoimentos do autor e da testemunha indicam que houve inadimplemento relativo por parte do demandado em efetuar os serviços contratados com o autor”. Assim, julgou procedente o pedido do consumidor, destacando a ocorrência de dano morais, em virtude da “conduta do requerido em abandonar a obra inacabada, mesmo tendo o autor lhe procurado, por várias vezes, para cobrar o serviço, não havendo como considerar os transtornos advindos da situação vivenciada pelo

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados