“Lava Jato” congelou US$ 20 bilhões em obras só na Odebrecht

105
lava jato
Créditos: Joa_Souza | iStock

As investigações da Operação “Lava Jato” sobre os contratos da construtora Odebrecht resultaram no congelamento de 45 grandes obras na América Latina, sendo que os 6 maiores projetos acumulam US$ 20 bilhões em investimentos parados, conforme a revista norte-americana America’s Quarterly. No Brasil, conforme auditoria do Tribunal de Contas da União, há pelo menos 12 mil obras paradas.

A revista mostrou o tamanho do esquema de corrupção e o efeito das investigações nos investimentos em infraestrutura na região.

O maior projeto paralisado está no Peru: construção de 1,1 mil quilômetros de tubos para transporte de gás natural da Floresta Amazônica até a costa do país. O total da obra é de R$ 7 bilhões. Até 2017, só 10% da obra estavam concluídos. Atualmente, ela está parada, já que a Odebrecht integrou o consórcio vencedor da licitação, com participação de 55%, mas teve que sair do projeto devido às investigações

No Brasil, a maior obra parada é o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) da Petrobras. Com o custo estimado em US$ 6 bilhões, até 2015, sem completar a obra, o governo havia gastado US$ 14 bilhões. O consórcio no qual a Odebrecht tinha participação foi retirado do processo. O TCU afirma um superfaturamento de US$ 48 milhões, o que as empresas negam. Após a queda de Dilma Rousseff, o projeto foi entregue à estatal chinesa de petróleo, a CNPC. (Com informações do Consultor Jurídico.)

DEIXE UMA RESPOSTA