Receita local das plataformas digitais será taxada no Reino Unido

188
plataformas digitais
Créditos: Nico El Nino | iStock

As plataformas online, como Google, Facebook e Amazon, terão suas receitas taxadas no Reino Unido. Isso ocasionou uma queda nas ações das três gigantes de tecnologia, assim como da Netflix e da Apple.

Para o ministro de Finanças britânico, Philip Hammond, “Evidentemente não é sustentável, nem justo, que os negócios das plataformas digitais possam gerar um valor substancial no Reino Unido sem pagar impostos sobre esses negócios aqui”. Ele afirmou ao Parlamento que o imposto será feito para cobrar as gigantes, não as “startups”.

De acordo com o tesouro britânico, a partir de abril de 2020, as empresas lucrativas serão taxadas em 2% da receita obtida de usuários britânicos, o que deve arrecadar mais de 400 milhões de libras (US$ 512 milhões) por ano. O imposto será baseado na receita declarada das empresas.

Hammond afirmou que o imposto incidirá sobre plataformas mecanismos de busca, redes sociais e mercados online que gerarem ao menos 500 milhões de libras por ano em receitas globais.

As grandes empresas de internet pagavam poucos impostos na Europa porque canalizavam suas vendas via países com regimes tributários brandos, como Irlanda e Luxemburgo. (Com informações do Valor.)

DEIXE UMA RESPOSTA