TV Globo não poderá divulgar conteúdo de inquérito dos assassinatos de Marielle e Anderson

0
10

De acordo com o juiz do caso, o vazamento de informações que envolve o crime prejudica a investigação.

Vereadora do PSOL é assassinada no centro do RJ
Créditos: PSOL-RJ

Após decisão do juiz Gustavo Gomes Kalil, da 4ª Vara Criminal do Rio, a TV Globo não poderá divulgar conteúdo do inquérito que apura os assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. A ação foi movida pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil e pelo MPE-RJ. A Globo teve acesso ao teor do inquérito e divulgou duas reportagens sobre o assunto.

O juiz entendeu que “o vazamento do conteúdo dos autos é deveras prejudicial, pois expõe dados pessoais das testemunhas, assim como prejudica o bom andamento das investigações, obstaculizando e retardando a elucidação dos crimes hediondos em análise”. Por isso, proibiu a emissora de divulgar termos de declarações, mesmo sem identificar testemunhas, técnicas e procedimentos sigilosos da investigação e outros conteúdos.

A emissora pretende recorrer da decisão judicial por considerá-la excessiva e por acreditar que ela fere gravemente a liberdade de imprensa e o direito de o público se informar,  especialmente considerando que o crime investigado é de alto interesse público, no Brasil e no exterior. (Com informações do G1.)