TJSP disponibiliza Guia de Mandado de Levantamento Eletrônico para facilitar pagamentos de honorários

O Tribunal de Justiça de São Paulo lançou em março de 2017, em parceria com o Banco do Brasil, o Portal de Custas – Recolhimentos e Depósitos, com o objetivo de agilizar o processo de recebimento pela parte.

guia de Mandado de Levantamento Eletrônico
Créditos: William_Potter | iStock

O TJSP institui um Mandado de Levantamento Eletrônico (MLE), depois do deferimento do Juiz, a guia do Mandado de Levantamento Eletrônico é expedida. Em seguida, o Perito ou profissional responsável encaminha o mandado ao banco e o dinheiro sai da conta judicial e vai direto para conta do vencido.

Para recolhimento, basta que na hora do pedido de levantamento o Perito preencha o formulário, indicando a forma como quer receber: por meio de Guia de Recolhimento da União, crédito em conta, na boca do caixa ou novo depósito judicial. Contudo,  o sistema ainda não está disponível em todas as unidades do estado. (Com informações da OPERB.)

Você pode conferir todos os detalhes no site do tribunal pelo endereço: http://www.tjsp.jus.br/PortalCustas