Prefeito de Sousa é impedido de se aproximar de ex-namorada

104

Ex-namorada prestou queixa de agressão contra o prefeito de Sousa.

prefeito de sousa
Créditos: Catalin205 | iStock

O TJ-PB concedeu medida protetiva em favor da advogada Myriam Gadelha, ex-namorada do atual prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PSB). Ela fez o pedido judicial em decorrência de agressões físicas, verbais e psicológicas. Ele não poderá se aproximar da casa da advogado ou entrar em contato com ela por qualquer meio, além de manter uma distância mínima de 300 metros.

A advogada relatou que, nos quatro meses em que estava se relacionamento com o prefeito, ele revelou “personalidade ciumenta, possessiva e controladora”. Ela afirmou ter sido agredida, na primeira vez, em novembro.

O último episódio de violência começou com a briga em uma festa em João Pessoa. Tyrone reclamou que Myriam havia bebido demais e conversado com muitas pessoas. Na volta para casa, ela levou um tapa no rosto. Em casa, foi xingada várias vezes, derrubada no chão e chutada várias vezes. Ao mandar Tyrone embora, foi novamente agredida com um soco no olho.

Após o episódio, ela rompeu o relacionamento e registrou as agressões na Polícia Civil. Ela relatou que recebeu ameaças de parentes do político.

O desembargador disse que havia evidências físicas, fotos dos hematomas das agressões sofridas e violência psicológica. E afirmou: “É clarividente, portanto, a crueldade perpetrada contra a requerente, de modo que,nos termos do art.22 da lei nº 11.340/06, necessário se faz adotar medidas que obriguem o agressor e protejam a vítima”. (Com informações do G1.)

DEIXE UMA RESPOSTA