Haddad indenizará Edir Macedo em R$ 79 mil por danos morais

203

Haddad chamou Edir Machedo de “fundamentalista charlatão”.

00Créditos: Ilkercelik | iStockFernando Haddad (PT), ex-prefeito de São Paulo, pagará R$ 79 mil de indenização por danos morais ao bispo Edir Macedo, após chamá-lo de “fundamentalista charlatão” “com fome de dinheiro” durante a campanha à presidência da República.

A condenação foi determinada pelo juiz da 6ª Vara Cível do Foro Regional do Jabaquara, em São Paulo.

Em seus argumentos, o juiz argumentou que não é possível atribuir ao bispo “características incompatíveis com a liderança que exerce perante milhões e milhões de cidadãos brasileiros e estrangeiros”. Ele entendeu também que o Judiciário não deve tolerar práticas dessa natureza.

O magistrado disse que Haddad “claudicou muitíssimo e potencializou os efeitos de sua infeliz declaração” ao postá-la no Twitter. E ponderou que o pedido de indenização é adequado, tendo em vista a dimensão pública dos litigantes.

Além da indenização, Haddad deverá fazer uma retratação sobre o caso.

Na defesa, o ex-prefeito disse que não tinha intenção de ofendê-lo e lembrou que ele é uma “figura pública vinculada à política e a notórias controvérsias”, como ações judiciais de fiéis pedindo restituição de valores doados à Igreja.

E completou dizendo que “Edir Macedo não é um particular imune ao debate público, mas sim um protagonista político (tem honra menos intensa e está sujeito a críticas duras e contundentes)”. (Com informações do Jota.Info.)

DEIXE UMA RESPOSTA