Força-Tarefa da Nova Califórnia busca tecnologia e regulamentos para ampliar o acesso à justiça

153

força-tarefa é formada por advogados e não-advogados.

fraudes
Créditos: Simpson33 | Istock

Em outubro de 2018, o California State Bar anunciou a criação de uma força-tarefa que objetiva ampliar o acesso à justiça por meio do uso da tecnologia e mudanças na regulamentação.

A diretora do programa da California State Bar, Rebecca Farmer, disse que é preciso ofertar serviços jurídicos aos californianos de baixa e média renda e àqueles que vivem em áreas rurais. Ela disse que as iniciativas da força-tarefa podem variar, mas que envolvem mudanças na regulamentação da propriedade das firmas de advocacia e oferta de serviços jurídicos por meio da tecnologia, incluindo automação, modelos jurídicos on-line e inteligência artificial.

Para Andrew Arruda, co-fundador e criador do ROSS Intelligence e membro indicado da força-tarefa, “o objetivo da força-tarefa é estudar maneiras pelas quais o acesso à justiça pode ser melhorado para os californianos por meio do uso responsável da tecnologia, algo pelo qual dediquei minha vida do meu trabalho na faculdade de direito ao meu trabalho agora como co-autor, fundador e CEO da ROSS Intelligence”.

A força-tarefa é formada por advogados e não-advogados para atender ao melhor interesse do público, e não à indústria. A reunião de um grupo de pessoas com diversas especialidades possibilita que a iniciativa alcance seu objetivo com sucesso. Para tanto, a diretora salientou que a proximidade geográfica do Vale do Silício – um centro global de avanços tecnológicos – não poderia ser ignorada e poderia ser usada para fazer alguns avanços no fechamento das lacunas nos serviços jurídicos. (Com informações do Legaltech News.)

DEIXE UMA RESPOSTA