Governador da Califórnia sugere que empresas paguem pelos dados dos usuários.

206

Defensores da privacidade na internet são contra.

Governador da Califórnia sugere que empresas paguem pelos dados dos usuários. | Juristas
Corporate data management system (DMS) and document management system concept. Businessman click (or publish) on document connected with corporate users working on notebooks with access rights. Wide banner composition with office in background.

Não é de hoje que as companhias coletam dados pessoais dos clientes e os usam das mais diversas maneiras. Se o usuário não concordar com a prática, é bom que pare de usar o Facebook e o Google imediatamente.

O governador da Califórnia, Gavin Newson, sugeriu que as empresas paguem para usar os dados dos consumidores, o que é chamado de ‘dividendo de dados’. O Vale do Silício tem algumas das leis mais avançadas quando o assunto é privacidade de dados. Uma lei recente garante que os usuários tenham amplo controle sobre suas informações.

Com base nessa lei, Newson sugere que a prática do uso de dados se torne menos comum, já que as empresas terão de pagar por eles. “Reconhecemos que seus dados têm valor e pertencem a você”, afirmou.

Alguns defensores da privacidade dizem que a política pública não deve criar incentivos para os consumidores compartilharem suas informações. Em vez disso, ela deve ajudá-los a mantê-las privadas.

Contudo, a sugestão de Newson pode parecer interessante para o consumidor, uma vez que trata de uma preocupação de muitos: o uso de dados sem consentimento. Caso a ideia seja sancionada, os usuários da internet passarão a ter mais controle de quais empresas utilizam suas informações. Acredita-se que elas não apenas ajudam as companhias a venderem anúncios, mas contribuem para o desenvolvimento da inteligência artificial. (Com informações do Olhar Digital.)

DEIXE UMA RESPOSTA