Desde 2017, militares foram alvo de três denúncias por crimes contra civis

175

Justiça Militar contabilizou casos registrados após promulgação da
Lei Federal 13.491

Desde a promulgação da Lei Federal 13.491/2017, foram registradas três denúncias envolvendo militares por crimes contra civis. Os dados são do Superior Tribunal Militar (STM).

militar
Créditos: Czanner | iStock

As três denúncias estão sendo analisadas pela primeira instância dos estados da Bahia, Pará e Rio de Janeiro.

A legislação determina que delitos cometidos por militares contra civis durante operações devem ser julgados pela Justiça Militar. A pena por homicídio (artigo 205 do Código Penal Militar) vai de 6 a 20 anos de prisão.

Se os 10 militares presos por envolvimento na morte do músico Evaldo Rosa dos Santos forem denunciados pelo Ministério Público Militar, será o quarto caso registrado desde o decreto da lei. Santos morreu após o carro que dirigia ser alvejado por 80 tiros no domingo (7), no Rio de Janeiro.

Ainda segundo o STM, nos últimos 32 anos, militares foram responsáveis pela morte de 12 civis durante operações das Forças Armadas. Os réus foram condenados em todos os casos.

Notícia produzida com informações da Assessoria de Imprensa do Superior Tribunal Militar.

Saiba mais:

DEIXE UMA RESPOSTA