Dívida obriga desconto no salário de prefeito no RN

78

Medida visa pagamento de dívida trabalhista de empresa da qual o político é sócio

O prefeito de uma cidade do Rio Grande do Norte terá 30% do salário penhorado para pagar uma dívida trabalhista. A decisão é da 6ª Vara do Trabalho de Natal.

Moeda brasileira - Real
Créditos: filipefrazao / iStock

O desconto tem por objetivo garantir o pagamento de uma dívida trabalhista de uma empresa da qual o político é sócio.

De acordo com a juíza Fátima Christiane Gomes de Oliveira, a empresa ainda não apresentou como irá pagar o valor de R$ 757,4 mil a 16 trabalhadores. Então, ela determinou a penhora de 30% dos ganhos do político.

O prefeito foi identificado como um dos sócios após investigação de Grupo de Pesquisa Patrimonial do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região. Ele recebe um salário bruto de R$ 13 mil na Prefeitura.

O número do processo não foi divulgado.

Notícia produzida com informações da Assessoria de Imprensa do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região.

Saiba mais:

DEIXE UMA RESPOSTA