Governo decreta fim do horário de verão

Segundo a Presidência, resultado foi “nulo” em 2018

Este ano não haverá horário de verão. O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira (25) um decreto que suspende a medida anual. Segundo Bolsonaro, a alteração foi definida por conta das mudanças nos hábitos de consumo da população.

Governo decreta fim do horário de verão | Juristas
Créditos: Ivan-balvan | iStock

Um estudo do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) considerou nula a economia de energia durante o horário de verão de 2017/2018.

Bolsonaro já havia anunciado, no início do mês, a intenção de acabar com o Horário de Verão. Entre outubro e fevereiro, diversos estados adiantavam seus relógios em uma hora.

Histórico

Instituído pelo presidente Getúlio Vargas em 1931, o horário de verão tem por objetivo minimizar picos de consumo de energia elétrica nos meses de maior calor. A medida foi adotada e revogada diversas vezes desde então, mas vinha entrando em vigor anualmente desde 1985 até agora.

Ao todo, o horário de verão afetava os estados do RS, SC, PR, SP, RJ, ES, MG, GO, MT, MS e o Distrito Federal. Estados como BA e TO também já fizeram parte do programa, mas foram excluídos em 2011 e 2013.

No mundo todo, o horário de verão é adotado em cerca de 70 países.

Clique aqui para ler o decreto.

Notícia produzida com informações da Agência Brasil.

Saiba mais:

DEIXE UMA RESPOSTA