Cláusula excludente de cobertura retira da seguradora obrigação de indenizar

99
Segundo colegiado, entendimento contrário seria uma afronta à boa-fé objetiva Créditos: Sqback | iStock A vice-presidência do TJMT negou seguimento a Recurso Especial, apresentado por um consumidor que teve cobertura negada por seguradora após uma colisão de seu veículo. O autor contratou um seguro para seu carro em 2016. No início do ano seguinte, houve um sinistro que ocasionou a perda total do veículo, que era dirigido por terceira pessoa com 24 anos. Ao acionar a seguradora, foi informado que não haveria cobertura para a ocasião, uma vez que o veículo estava sendo conduzido por pessoa com idade abaixo de 25 anos. O seguro contratado não se estendia a tais condições. Ele acionou a Justiça. Saiba mais: Seguradora sub-rogada tem os mesmos direitos do segurado em caso de acidenteSeguradora indenizará pais de segurado que foi morto a mando de ex-esposaSeguradora deve pagar indenização do DPVAT mesmo diante de inadimplênciaConsumidor “feito de bobo” será indenizado por seguradoraSeguradora responde por vícios ocultos após quitação do imóvel pelo SFH O juiz primevo, à luz do Código de Defesa do Consumidor, determinou que a seguradora indenizasse o valor do veículo. Por isso, a empresa recorreu o Tribunal de Justiça, que reformou a sentença. Para

Este conteúdo é restrito para usuários cadastrados do site e é GRÁTIS. Cadastre-se GRATUITAMENTE e tenha acesso já ao conteúdo. Se já for cadastrado, faça o login. Para novos usuários basta preencher o cadastro.

Login de usuários cadastrados

8   +   4   =