Turistas brasileiros precisarão de autorização para entrar na Europa a partir de 2021

723
europa
Créditos: franz12 | iStock

O Parlamento Europeu aprovou o Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem (ETIAS) para turistas de 60 países que não precisam de visto para entrar nos países da União Europeia , incluindo o Brasil. A partir de 2021, será preciso uma autorização prévia à viagem.

São 22 nações do bloco europeu do Tratado de Schengen e 4 países que aplicarão o ETIAS. O Reino Unido não exigirá a autorização por não fazer parte do Tratado de Schengen.

Para viajar à Europa, os turistas devem preencher um formulário eletrônico com alguns dados, como identificação pessoal, documento de viagem e o país em que entrará. A autorização vale por três anos e custa 7 euros, valor que não é cobrado para viajantes menores de 18 anos ou maiores de 70 anos.

Ainda que haja a autorização, a decisão final para entrar na União Europeia continua com a segurança de fronteira de cada país.

O objetivo da autorização é proteger melhor as fronteiras exteriores. Para tanto, a ideia é comparar as informações de cada cidadão com as diferentes bases de dados europeus para identificar, antes de sua saída, pessoas que são “um risco de migração irregular ou de segurança”.

Caso seja detectado um risco no cruzamento de dados, o pedido será processado manualmente, e a aprovação ou não da autorização deverá ser feita em até 4 semanas.

(Com informações do G1)

DEIXE UMA RESPOSTA