Jurista pede impeachment de Toffoli por crimes de responsabilidade

216
Dias Toffoli
Créditos: Reprodução / TV Justiça

O jurista Modesto Carvalhosa ajuizou um pedido de impeachment contra o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, alegando que ele cometeu 59 crimes de responsabilidade desde que assumiu o cargo. Para Carvalhosa, Toffoli deveria ter alegado suspeição em 23 julgamentos. O jurista também afirma que houve quebra de decoro em outras 35 oportunidades. Carvalhosa ainda diz que há acusações de que Toffoli tenha participado de um esquema de corrupção com lideranças do Partido dos Trabalhadores. 

O pedido foi encaminhado ao Senado e será avaliado. Uma comissão analisará as afirmações da peça e o motivo de um processo de impeachment. Se passar dessa fase, o ministro é julgado pela Casa. É necessário o voto de dois terços dos senadores para que o ministro seja condenado por ao menos um crime de responsabilidade.

Modesto Carvalhosa é professor aposentado da Faculdade de Direito da USP, autor de livros e palestrante sobre combate à corrupção.

(Com informações do Último Segundo – IG)

DEIXE UMA RESPOSTA