Companhias aéreas ficam com horários que eram da Avianca em Congonhas

190

Azul passa a ter 41 slots no aeroporto mais disputado do país

Companhias aéreas ficam com horários que eram da Avianca em Congonhas
Créditos: anyaberkut | iStock

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) redistribuiu os slots (horários de pouso e decolagemap, passaredo,m) do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, que eram da companhia aérea Avianca Brasil. Dos 41 horários disponíveis, a Azul ficou com 15, a Passaredo, com 14, e a MAP, com 12.

Com a adição dos novos horários, a Azul passa a ter 41 slots, o mesmo número que a Avianca tinha no aeroporto.

Os horários foram disputados por quatro companhias: Azul, MAP, Passaredo e Two. As duas primeiras haviam pedido os 41 slots. A terceira e a quarta solicitaram 30 e 14, respectivamente.

Mas essa distribuição pode mudar porque a Anac exige que MAP e Passaredo comprovem até o dia 9 de agosto os “requisitos operacionais exigidos para operação no aeroporto”.

De acordo com a Anac, caso alguma dessas empresas não seja autorizada a operar, os slots disponíveis serão redistribuídos seguindo a regra nova, que beneficia quem tem menos de 54 slots.

O novo método de distribuição foi adotado pela Anac para mitigar a concentração de mercado entre as companhias Gol e Latam, e atende aos pedidos do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e do Ministério Público Federal, que recomendaram a mudança do percentual de slots da Avianca a serem distribuídos para as empresas aéreas remanescentes a fim de evitar um oligopólio.

(Com informações da Folha de S. Paulo)

DEIXE UMA RESPOSTA