Facebook é notificado pelo Ministério da Justiça após transcrição de áudios

134

Facebook tem 10 dias para se manifestar

Facebook pagou terceirizados para transcrever áudios de usuários do Messenger
Créditos: Nico El Nino | iStock

Após divulgação da denúncia de que o Facebook pagou centenas de trabalhadores terceirizados para escutar e transcrever áudios de usuários de seus serviços, como o Messenger, cuja origem não era revelada, o Ministério da Justiça e Segurança Pública notificou a rede social.

O MJSP divulgou uma nota informando que as investigações começaram a correr na última quarta-feira (14), na Secretaria Nacional do Consumidor da pasta (Senacon).

O Facebook é investigado pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor da Secretaria Nacional do Consumidor também em outros casos envolvendo o tratamento de dados dos usuários.

A companhia que também é dona do Instagram e Whatsapp tem o prazo de 10 dias para responder aos questionamentos do órgão, caso contrário, a Secretaria poderá instaurar processo administrativo e, eventualmente, aplicação de multa.

(Com informações do Uol)

DEIXE UMA RESPOSTA