Diretor executivo da Nissan recebeu pagamento indevido

235
diretor executivo nissan
Créditos: Kritchanut | iStock

Hiroto Saikawa, diretor executivo da Nissan, declarou à imprensa que recebeu remuneração superior à que lhe correspondia, “sob uma forma que não corresponde às normas em vigor. Acreditava que era fruto de um procedimento correto”.

Ele assumiu a direção executiva da Nissan em 2017, no lugar de Carlos Ghosn. Devido ao imbróglio, pediu perdão “pela perturbação provocada” e disse que devolverá o dinheiro recebido indevidamente. Sua confissão ocorreu após uma série de artigos sobre investigações internas da Nissan serem publicados. Eles apontam supostos pagamentos irregulares ligados à cotação das ações do grupo, que beneficiaram Saikawa e outros executivos. 

Lei Renato Ferrari - Jurisprudências
Nissan

O conselho de administração da Nissan analisará o caso no final deste mês. A montadora entende que não houve violação da lei, pois os pagamentos questionados foram realizados com base no mecanismo conhecido como “stock appreciation rights” (SAR)”. Por meio desse mecanismo, os dirigentes podem receber prêmio em dinheiro vinculado ao aumento do valor da ação do grupo durante um período definido. 

(Com informações do Uol)

Leia também:

Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Acesse a plataforma de assinatura de documentos com certificado digital de maneira fácil e segura

DEIXE UMA RESPOSTA