Coca-Cola distribuirá Heineken até 2022, decide justiça do RJ

564

A cervejaria holandesa tentou romper contrato com a empresa americana em 2017, porém a decisão obriga a manutenção da parceria até 2022.

A decisão é do tribunal arbitral do Rio de Janeiro que que a Heineken mantenha a Coca-Cola como distribuidora de suas cervejas até 2022, conforme contrato que vigora entre as duas companhias. Em 2017, depois de comprar a Brasil Kirin, a Heineken tentou abandonar o acordo com a Coca-Cola, para usar a estrutura de distribuição que herdou do grupo japonês (que, por sua vez, teve origem na brasileira Schincariol). A sentença consta de fato relevante divulgado nesta quinta-feira, 31, pela Coca-Cola Femsa.

Reúne 13 empresas o contrato entre a Heineken e o Sistema Coca-Cola. Amparadas por uma liminar, as distribuidoras da marca de refrigerantes mantiveram a entrega das marcas da Heineken – o portfólio inclui ainda Kaiser, Amstel, Bavaria, Xingu e Sol. A decisão garantiu o cumprimento do contrato até que as duas partes resolvessem a questão – o que ocorreu agora. Como a Heineken cumpriu a liminar, não caberá multa ou outra sanção à cervejaria.

 

Fonte: Veja

DEIXE UMA RESPOSTA