Compra da Fox pela Disney é revista pelo Cade

426

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) vai rever a compra internacional da Twenty-First Century Fox, Inc. pela The Walt Disney Company (Brasil) Ltda., já que as empresas não conseguiram vender os canais Fox Sports para um terceiro interessado.

O Tribunal do órgão antitruste, em fevereiro, havia aprovado a compra da Fox pela Disney condicionando a operação à venda dos canais Fox Sports. Isso porque a união entre os canais ESPN, da Disney, e Fox Sports, da Fox, elevaria a concentração de mercado nos canais esportivos.

Foi firmado na época, no Acordo em Controle de Concentração (ACC), caso a Disney não conseguisse vender a Fox Sports, o órgão antitruste poderia rever a aquisição, que corre o risco de ser desfeita caso o Cade agora reprove a operação.

Na ocasião, a autarquia oficiou nove possíveis compradores do canal e descobriu que havia interessados. Outra possibilidade era que uma empresa internacional adquirisse o canal esportivo.

Entre as empresas consultadas pelo Cade sobre uma possível compra da Fox Sports estavam: Viacom, Rede TV, Record, SBT, Band, Sony, Simba, Turner e Discovery. Nenhuma se interessou efetivamente.

O ato de concentração voltará para posterior análise dos conselheiros do Tribunal do Cade. O relator do processo é o conselheiro Luís Braido.

 

Fonte: JOTA

DEIXE UMA RESPOSTA