Sócio fundador do escritório Almeida Prado & Hoffmann assume como conselheiro do Cade

1125
Luiz Augusto Azevedo de Almeida Hoffmann se licenciou do escritório para se dedicar exclusivamente às atividades como conselheiro do CADE – Conselho Administrativo de Defesa Econômica, um dos órgãos antitruste mais prestigiados internacionalmente e modelo de entidade em nosso país.

Fundado em 2006 fruto de associação entre os advogados Luiz Augusto Azevedo de Almeida Hoffmann e João Adelino Moraes de Almeida Prado, o Almeida Prado & Hoffmann Advogados Associados atua em questões do Direito Empresarial, atuando tanto preventivamente como em sede administrativa e judicial, além de prestar reiteradamente consultoria para investimentos estrangeiros em virtude do perfil de seus integrantes, os quais possuem sólida reputação acadêmica e extensa experiência profissional. O escritório já foi reconhecido como um dos mais admirados do País pela Análise Advocacia 500 de 2019 e também em outros anos, sendo que Luiz Augusto Azevedo de Almeida Hoffmann foi reconhecido como um dos advogados mais admirados também.

Depois de passar por uma intensa sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, Hoffmann foi aprovado em votação no Plenário do Senado e acaba de ser nomeado pelo Presidente da República para o conselho do Cade. O mandato começou a ser exercido em 15 de outubro de 2019 com duração de 4 anos.

“Sinto-me feliz e honrado em poder integrar o conselho deste que é um dos principais órgãos antitruste no mundo. Me licencio das atividades do escritório confiante de que nossa experiente equipe seguirá conduzindo as causas de nossos clientes com a ética e a competência que sempre foi característica. Espero poder contribuir ainda mais com o país por meio de minhas novas funções em meu mandato, dando cada vez mais efetividade à atuação do CADE e também desenvolvimento econômico do país”, declara Hoffmann.

DEIXE UMA RESPOSTA