Impulsionado pela internet, freelancer jurídico vira tendência de trabalho

34
Computador freelancer
Crédito: Peter Olexa / Pexels

O mercado de trabalho mundial tem sofrido grandes transformações nos últimos anos. Uma das maiores mudanças é o crescimento das prestações de serviços pontuais, os freelancers, que foram impulsionados pela internet através de diversas plataformas que conectam empresas e trabalhadores. Essa tendência vem ganhando cada vez mais espaço no setor jurídico, o que contribui para a formação de um novo perfil profissional.

Pelo lado dos trabalhadores, um dos maiores motivos para essa transição para a carreira freelancer é a saúde mental. A flexibilidade dos trabalhos pontuais ameniza muito o estresse causado nos escritórios, além de reduzir as pressões externas por um nível elevado de produção e resultados. Essas pressões aumentaram com os recentes adventos tecnológicos, pois agora os trabalhadores e as empresas ficam conectados o tempo todo, provocando até danos existenciais.

Quando consideram essas questões, as gerações mais jovens, principalmente, tendem a priorizar a liberdade em detrimento de uma maior estabilidade. A qualidade dos serviços também se eleva devido à menor sobrecarga dos profissionais.

Já do ponto de vista dos contratantes, a economia financeira pode ser enorme com a contratação dos serviços de um advogado freelance. As maiores beneficiadas são as pequenas empresas que, geralmente, não possuem demanda contínua por serviços jurídicos, e dessa maneira poupam muito dinheiro com os contratos para serviços pontuais.

Para os escritórios jurídicos que contratam advogados freelancers, a redução de custos também é significativa, pois o regime remoto, típico deste tipo de trabalho, praticamente elimina as despesas com o espaço físico da empresa. Além disso, aumenta as possibilidades profissionais, eliminando as barreiras geográficas que podem separar os bons trabalhadores dos grandes escritórios.

As plataformas virtuais têm grande importância na conexão entre os advogados e as empresas, pois existem muitos sites especializados na prospecção de trabalhadores freelancers. Inicialmente, essas páginas eram mais voltadas aos serviços essencialmente digitais, como a edição de vídeos, o design gráfico e a criação de conteúdo para internet. No entanto, com o passar dos anos, os serviços mais tradicionais, como o jurídico, foram ganhando espaço nestas plataformas.

O analista de rede Gabriel Fernandes, reforçou em artigo no TechReviews o papel crucial das tecnologias nessa mudança do mercado de trabalho: “O uso da internet no campo profissional abriu a possibilidade de maior liberdade para os trabalhadores de diversos segmentos e também reduziu os custos das empresas. Seguindo a tendência, não param de surgir plataformas neste ramo e algumas delas, especializadas em direito, utilizam até algoritmos que relacionam a demanda das empresas ao perfil profissional dos advogados, analisando trabalhos prévios e as especializações,” explica Fernandes.

Um dos fatores que favorecem o crescimento dos sites de freelancer é a necessidade que as empresas globais têm de contar com talentos de diferentes partes do mundo para a execução de diferentes tarefas. Hoje em dia, a adaptação aos contextos locais é essencial para a boa manutenção das empresas multinacionais, o que faz com que muitas delas busquem trabalhadores espalhados pelo mundo, contando com a ajuda das plataformas de prospecção.

DEIXE UMA RESPOSTA