Fachin: ”Invasão do Capitólio deve colocar democracia do Brasil em alerta”

ministro edson fachinVice-presidente o Supremo Tribunal Federal-STF, o ministro Edson Fachin afirmou nesta quinta-feira que a invasão do congresso norte-americano, “deve colocar em alerta a democracia brasileira”. A manifestação do magistrado se dá após confusão generalizada e invasão por apoiadores do presidente Donald Trump ao Capitólio, em Washington, na noite desta quarta-feira (6). Segundo o ministro, “A alternância de poder não pode ser motivo de rompimento, pois participa do conceito de república”, afirmou.

Trump não aceita a derrota para o democrata Joe Biden, que assumirá o cargo de presidente dos EUA no dia 21 de janeiro. De acordo com o portal UOL, ainda na noite de quarta-feira, o presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores, sem provas, acreditar que a eleição nos EUA foi fraudada “descaradamente”. O presidente afirmou na manhã de hoje (7) que “Se nós não tivermos o voto impresso em 2022, uma maneira de auditar o voto, nós vamos ter um problema pior que os Estados Unidos”.

Fachin destacou que o Brasil irá às urnas em outubro de 2022 para as eleições presidenciais e ressaltou a importância dos pleitos periódicos conforme “as regras estabelecidas na Constituição e uma Justiça Eleitoral combatendo a desinformação são imprescindíveis para a democracia e para o respeito dos direitos das gerações futuras”.

“Quem desestabiliza a renovação do poder ou que falsamente confronte a integridade das eleições deve ser responsabilizado em um processo público e transparente. A democracia não tem lugar para os que dela abusam”, ressaltou.

Com informações do UOL e Jota.

 

 

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA