Felipe Neto vai processar pesquisadora que o chamou de macaco e criminoso

postagem homofóbica
Créditos: anyaberkut | iStock

O empresário e influenciador digital Felipe Neto, 32, anunciou que vai entrar com um processo contra a pesquisadora do Instituto Butantan Maria Carla Petrellis. Ela o chamou de “macaco” em uma resposta a ele no Twitter. Ainda o chamou de “criminoso” e disse que ele irá “morrer pela boca”.

Segundo o youtuber e empresário têm sido alvo frequente de campanhas de difamação em mídias sociais, “Infelizmente, essa mulher é pesquisadora do Butantan. Bolsonarista fanática, ela tem por hábito chamar opositores de “macacos pedófilos”. Fez o mesmo com Caetano Veloso e foi processada, agora será processada pela minha equipe. Que nojo”, escreveu Neto na mesma rede social.

Felipe Neto - Digital InfluencerA assessoria de imprensa do influenciador Felipe Neto reforçou esse posicionamento, reiterando que tomará as medidas judiciais necessárias e cabíveis. “É inaceitável que este tipo de conteúdo ainda seja propagado. A internet não é terra sem lei e há de se ter compromisso e responsabilidade com aquilo que se fala”, frisou a assessoria do influencer digital.

Com informações do UOL e Isto é.


 

Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas – www.arjuristas.com.br. Entre em contato através de email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA