TJSP mantém condenação de réu por sonegação de R$ 2,4 milhões em impostos

TJSP mantém condenação de réu por sonegação de R$ 2,4 milhões em impostos | Juristas
Créditos: sergign/Shutterstock.com

A 13ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve condenação de réu acusado de sonegação de R$ 2.464.268,73 em imposto. A pena foi aumentada para cinco anos, dois meses e seis dias de reclusão, em regime inicial fechado.

Consta nos autos (0023834-33.2010.8.26.0050) que a empresa de propriedade do réu inseriu créditos de ICMS sem a devida comprovação da aquisição das mercadorias por meio de notas fiscais. Além disso, o acusado e seu sócio não apresentaram livros contábeis e arquivos solicitados pela fiscalização.

Segundo o desembargador Moreira da Silva, relator da apelação, o crime foi comprovado “não apenas pela farta documentação juntada aos autos, mas também pelas palavras seguras e convincentes da fiscal de rendas no sentido de que o acusado inseriu dados inexatos acerca do recolhimento do ICMS, no sistema da Receita Federal, bem como deixou de fornecer notas fiscais e livros contábeis, no prazo solicitado pelo Fisco, de forma a burlar a fiscalização tributária, causando prejuízo ao erário no total de R$ 2.464.268,73”.

Para o magistrado, o réu conhecia a irregularidade fiscal e agiu propositalmente para se beneficiar com o crédito indevido, devendo a pena fixada em 1º grau ser aumentada devido aos maus antecedentes.

Com informações do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

 

 

Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas – www.arjuristas.com.br. Entre em contato através de email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA