Por má gestão do Bolsa Família ex-prefeita é condenada a devolver recursos

Aumento salarialA 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, condenou a ex-prefeita do Município de Bayeux, Sara Maria Francisca Medeiros Cabral, a ressarcir o erário em R$ 24.304,56, referente ao pagamento irregular do Bolsa Família.

Na Quarta Vara Mista de Bayeux, O Ministério Público estadual ingressou com Ação Civil Pública de Ressarcimento ao Erário contra a ex-gestora, alegando diversas irregularidades nos Programas de Proteção à Criança à Adolescência e a Juventude e Transferência de Rendas com Condicionalidades – Bolsa Família. Apontou que ao todo foi apurado um prejuízo da ordem de R$ 218.764,56, somente com a execução dos programas sociais desenvolvidos pelo Município de Bayeux na gestão da ex-prefeita.

Sara Cabral foi condenada na Primeira Instância a ressarcir a quantia R$ 218.764,56 em favor do Município de Bayeux. No recurso, a Segunda Câmara manteve a condenação de ressarcimento pelo dano ao erário causado na gestão do Programa de Proteção à Criança à Adolescência e à Juventude, no período compreendido de 01/01/2004 a 30/09/2005, porém definiu o valor a ser ressarcido no montante de R$ 24.304,56, conforme o voto do relator do processo nº 0801230-09.2015.8.15.0751, desembargador José Aurélio da Cruz.

Com informações do Tribunal de Justiça da Paraíba.

 

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA