Advogado brasileiro é habilitado para atuar no Tribunal Penal, em Haia

CCJ - Advogado - OAB
Créditos: Deagreez / iStock

O advogado curitibano, Rodrigo Faucz Pereira e Silva, é o novo representante habilitado para atuar no Tribunal Penal Internacional, em Haia, na Holanda. Terceiro brasileiro na lista de profissionais do Direito admitidos no tribunal, Rodrigo é criminalista há 15 anos, Doutor em Neurociências (UFMG), Mestre em Direito e Pós-doutorando também em Direito (UFPR), e agora pode representar acusados e vítimas, além de apresentar petições e representações perante a Corte Internacional.

O TPI é a mais importante Corte Criminal do mundo, responsável pelo julgamento dos crimes de maior gravidade perante a comunidade internacional (genocídio, crimes de guerra e contra a humanidade e de agressão entre países). Em toda a América Latina só existem 14 advogados habilitados a atuar na Corte.

A seleção é um processo complexo, que envolve investigação sobre casos em que o advogado tenha atuado. São exigidos conhecimento em direito criminal e internacional, fluência em inglês ou francês (escrita e fala), experiência superior a 10 anos e reputação ilibada.

Com informações de Veja.

 

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA