Racismo: Justiça condena ex-aluno da FGV por chamar colega de ‘escravo’

novohotel
Créditos: Vergani_Fotografia | iStock

A juíza Paloma Assis Carvalho, da 14ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) condenou o ex-aluno da FGV (Fundação Getulio Vargas) Gustavo Metropolo a 2 anos e 4 meses de prisão, em regime aberto, pelos crimes de racismo e injúria racial. A pena privativa de liberdade foi substituída por prestação de serviços à comunidade e pelo pagamento de cinco salários mínimos à vítima.

O caso aconteceu em setembro de 2017. Gustavo foi suspenso da instituição. Ele conseguiu uma ordem judicial para voltar à FGV, mas foi recebido com um protesto de alunos da universidade com cartazes contra sua presença na faculdade. Posteriormente, ele trancou sua matrícula e se desligou da instituição.

Gustavo foi condenado por ser o autor da foto e da mensagem de WhatsApp, num grupo de alunos da FGV, na qual o aluno de administração pública João Gilberto Lima, 28, é chamado de escravo. Na mensagem, ele escreve “Achei esse escravo aqui no fumódromo! Quem for o dono avisa!”

Três anos após o crime, Motropolo foi interrogado no começo deste mês e negou que tenha sido o autor da foto. Porém, na decisão, a magistrada considerou que não convenceu ‘a versão do réu de que não foi o responsável pela fotografia, postagem e mensagem”.

“Restou comprovado que, por diversas vezes, o réu admitiu aos professores e coordenadores da Faculdade ter sido o autor dos fatos, chegando a dizer que havia feito uma “monstruosidade” e que eles estariam “perdendo tempo” com uma pessoa como ele. Afirmou que não era isso que aprendera com a sua família, mostrando-se arrependido da conduta,” escreve a juíza.

Na sentença, Paloma alega que a versão dada pelo acusado ‘não encontrou respaldo nas demais provas e elementos de convicção. Até porque foi insuficiente para invalidar o restante do contexto probatório, que o contradiz, sendo incapaz de apontar um motivo idôneo para ilidir a robusta prova trazida pela acusação.’

Com informações do UOL.

 

 

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA