Justiça proíbe manifestações de Flordelis sobre morte do marido

Investigação contra deputada Flordelis é remetida à justiça estadual
Créditos: jerry2313 | iStock

A Justiça do Rio de Janeiro determinou nesta terça-feira (20), que a deputada federal Flordelis (PSD) seja proibida de fazer manifestações públicas sobre testemunhas da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.

Este é o segundo processo movido do mesmo assunto. No primeiro, Flordelis não podia mais citar testemunhas em mídias sociais, após a parlamentar dizer em uma entrevista que pretende processar Regiane Rabelo, uma das testemunhas do processo e afirma que uma bomba caseira foi jogada na casa dela por intimidação.

Conforme a decisão Flordelis não pode fazer qualquer tipo menção em mídias impressas, radiofônicas, televisivas ou qualquer outra forma de comunicação pública.

No pedido, o promotor alega que “a conduta da acusada traz manifesto prejuízo à instrução criminal”.

Com informações do UOL.

 

 

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA