Justiça decide manter pai de Britney Spears como seu tutor

Mulher ofendida em programa de rádio será indenizada
Créditos: Dmitri Ma / Shutterstock.com

A juíza Brenda Penny, do Tribunal Superior de Los Angeles negou o pedido do advogado da cantora Britney Spears, para retirar seu pai, Jamie Spears, de um acordo de tutela, que dá a ele o controle de questões pessoais e comerciais.

A decisão se refere a um pedido da defesa da cantora, feito em novembro do ano passado. No pedido, a defesa alegou que ela estava “com medo de seu pai” e queria que ele fosse removido como seu único tutor – um papel que ele desempenha desde 2008.

A Juíza, no entanto, decidiu que Jamie passará a ser co-tutor dos bens de Britney, em conjunto com a empresa de gestão de fortunas Bessemer Trust. A informação é da revista Variety

A decisão foi anunciada uma semana depois do apelo da cantora, pelo fim da tutela abusiva, durante uma audiência judicial virtual, em que ela afirmou que foi medicada para controlar seu comportamento; proibida de tomar decisões sobre amizades ou finanças; e impedida de remover um implante anticoncepcional (DIU), apesar do desejo de ter mais filhos. “Eu só quero minha vida de volta. Já se passaram 13 anos e é suficiente”, disse Britney. Britney ainda pode recorrer da decisão e voltar a pedir que seu pai seja removido da tutela.

O caso ganhou tem ganhou mais notoriedade, nos últimos meses após o lançamento do documentário, Framing Britney, pelo The New York Times. A produção, disponivel em canais de streaming revisita a carreira da cantora pop e revela a perseguição pela mídia, o colapso nervoso que ela teve 2007 e a tutela que permanece ativa até os dias atuais.

Com informações do Tribunal de Justiça do Acre.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA