Justiça determina que Atlético mineiro pague R$ 7 milhões a agente

Jogo de Futebol
Créditos: PhonlamaiPhoto / iStock

A juíza Camila Rodrigues Borges de Azevedo, da 19ª Vara Cível de São Paulo, condenou o Atlético mineiro a pagar ao empresário André Cury pela transferência do zagueiro Frickson Erazo, em 2017. A sentença saiu nesta semana e determinou que o clube desembolse 1,1 milhão de euros, com cotação da época, conversão e juro de 1% ao mês, o que ultrapassa R$ 7 milhões.

A condenação aconteceu em meio ao desenvolvimento de um acordo entre o clube e o agente, conforme havia noticiado a coluna, no fim de maio. Segundo apurou a reportagem, as partes ainda estão em contato e podem chegar a um desfecho positivo em breve, o que serviria para livrar o time dos processos.

Enquanto isso, porém, as ações correm na Justiça. A juíza rejeitou a defesa do Atlético-MG, que alegou, entre outras coisas, que a pandemia causou efeitos negativos em seus negócios.

Com informações do UOL.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA