Suspenso ato sobre procedimentos de videogravação de audiências na Justiça do Trabalho

cnj
Créditos: Vladimir Cetinski | iStock

Na última quarta-feira (21), a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministra Maria Cristina Peduzzi, assinou,  o Ato CSJT.GP.SG.SETIC Nº 65/2021, suspendendo os efeitos do Ato CSJT 45/2021, sobre os procedimentos a serem observados na gravação em vídeo de audiências realizadas no âmbito da Justiça do Trabalho.

A suspensão, que leva em consideração aspectos técnicos, ocorreu simultaneamente à instauração de procedimento de Ato Normativo, no bojo do qual serão analisados aspectos técnicos de solução das dificuldades relatadas pelo Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor), como a preparação prévia das equipes de magistrados e servidores, inclusive quanto às técnicas de gravação.

As áreas técnicas promoverão estudos à apreciação do tema, pelo Plenário do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, sem prejuízo dos já realizados. “Adotando postura de cautela, inclusive para que os referidos estudos possam ser realizados de maneira adequada, acolho a sugestão apresentada e determino a suspensão do ATO CSJT.GP.SG Nº 45/2021”, dispôs a ministra no novo ato.

Com informações do Conselho Superior da Justiça do Trabalho.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por e-mail ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000.

DEIXE UMA RESPOSTA