Júri condena a 10 anos empresário que atirou em sócio por desavenças

Tribunal do Júri
Créditos: Tomloel | iStock

Em sessão do Tribunal do Júri na comarca de Forquilhinha-SC, um homem de 49 anos foi condenado por tentativa de homicídio praticada contra seu sócio em empresa local. O crime aconteceu em 30 de abril de 2019, durante o dia, no centro da cidade-sede da comarca. Ele foi sentenciado a 10 anos de reclusão.

Segundo a denúncia, o réu discutiu com a vítima, seu sócio em duas empresas, e saiu do local de carro para retornar armado. Ele teria desferido um tiro contra o homem, que foi atingido no abdômen, mas acabou prontamente atendido por serviços médicos. O acusado fugiu do local de carro.

Na sessão, presidida pelo juiz substi​tuto Guilherme Costa Cesconetto, o Conselho de Sentença reconheceu que a tentativa de homicídio foi cometida por motivo fútil, decorrente de desacordos na sociedade comercial existente entre ambos, e resultou em perigo comum, por um funcionário estar próximo da vítima no momento do disparo e pela proximidade de estabelecimentos comerciais, além de veículos e transeuntes.

Além da tentativa de homicídio duplamente qualificado, o réu também foi condenado pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. A pena será cumprida em regime inicial semiaberto. Cabe recurso da decisão ao TJSC.

Com informações do Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA