Juiz manda advogado ir “para o inferno” em audiência do TRT17

Juiz manda advogado ir "para o inferno" em audiência do TRT17 | Juristas
Crédito: AndreyPopov / istock

Durante audiência realizada no Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região, em Vitória, no Espírito Santo , na última segunda-feira (16), o juiz trabalhista José Roberto Ferreira de Almada mandou um advogado ir “para o inferno”.

A ofensa ocorreu no momento em que o magistrado determinou o arquivamento do processo (0000345-96.2021.5.17.0012) de uma trabalhadora contratada na modalidade de trabalho intermitente, atuando por cerca de um mês, de 22/02/2021 a 22/03/2021.

Na audiência, realizada por videoconferência, o valor do acordo proposto pelos representantes da trabalhadora (R$ 5 mil reais) gera uma discussão. O magistrado questiona se a reclamante estava presente e quando foi informado que ela ainda iria entrar na audiência decidiu arquivar o processo. O advogado então afirmou, ironicamente, que o caminho seria anular o processo. Então o julgador respondeu: “Ah, vai anular onde o doutor quiser, vai pro inferno.”

Com informações do portal IG e Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA