Adele está sendo processada por plágio de música gravada por Martinho da Vila

Mulher ofendida em programa de rádio será indenizada
Créditos: Dmitri Ma / Shutterstock.com

O compositor brasileiro Toninho Geraes, está processando a cantora britânica Adele, por plágio. Ele afirma que a canção Million Years Ago, do álbum 25 da cantora é plágio de sua famosa “Mulheres”, gravada pelo cantor Martinho da Vila.

A acusação é de apropriação “das primeiras notas de introdução, refrão e final”. Como resultado, duas notificações extrajudiciais foram enviadas a Adele e ao outro compositor, Greg Kurstin.

Geraes juntou provas e disse ter ficado estarrecido quando se deu conta. “A melodia e a harmonia são iguais. É uma cópia escancarada”, comentou o compositor em entrevista à Veja.

Contabilizaram 88 compassos com cópia, o que soma 3 minutos e 3 segundos da faixa, ou seja, mais de 85% da música. “Nossa intenção era tentar um acordo, mas, diante do silêncio, recorreremos à Justiça”, diz o advogado do compositor.

Com informações de Veja.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA