Caetano Veloso perde ação contra deputado Marco Feliciano

Caetano Veloso perde ação contra deputado Marco Feliciano | Juristas
Crédito: Miljan Živković / istock

O cantor Caetano Veloso perdeu uma ação judicial que movia contra o deputado e pastor Marco Feliciano (Republicanos-SP). O músico entrou com a ação após ser chamado de “pedófilo” por Feliciano nas redes sociais, mas as queixas de Veloso não foram acatadas pelo juiz Nelson Ferreira Junior, do TJDF (Tribunal de Justiça do Distrito).

O magistrado não reconheceu crime contra a honra do músico, e absolveu Marco Feliciano ao dizer que o deputado “fez exercício legítimo da liberdade de criticar” o cantor.

Em 2017, Feliciano escreveu em uma rede social: “Por que a PGR (Procuradoria-Geral da República) não pede a prisão de Caetano Veloso? Estupro é crime imprescritível”. Conforme o UOL, a vítima na declaração do deputado seria Paula Lavigne, atual esposa do músico e com quem Veloso teria iniciado a relação quando ela tinha 13, e ele, 40.

No Twitter, Marco Feliciano comentou a decisão do juiz, “Hoje é um grande dia para mim, para a esperança, para a justiça! Fui absolvido das acusações feitas pelo Caetano Veloso. Em tempos obscuros a esperança brilha forte! Nenhum brasileiro pode ser punido por sua opinião! Justiça foi feita! Obrigado a todos q se solidarizaram comigo!”.

Segundo o UOL, a defesa de Caetano Veloso afirmou que irá recorrer da decisão. Além de perder a ação, o músico foi condenado a pagar R$ 6 mil em honorários para os advogados de Marco Feliciano.

Com informações do UOL.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA