Fifa deve indenizar empresa dona de patente do 'spray de barreira'

vínculo
Créditos: Reprodução

Os desembargadores da 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), condenaram a Fifa a indenizar em R$ 50 mil, a Spuni, empresa de produtos esportivos, por danos morais e um valor, ainda a ser calculado, pelos danos materiais, em função do uso pelos árbitros do spray que marca a posição das barreiras nos jogos de futebol.

A ação contra a Fifa foi ajuizada em 2017 pela Spuni. Conforme os autos do processo (0314313-89.2017.8.19.0001) a empresa alega ter registrado a patente do spray há 21 anos.

Jogo de Futebol
Créditos: PhonlamaiPhoto / iStock

A Fifa teria utilizado o produto, na Copa do Mundo de 2014, mas coberto o nome da empresa, com a qual ainda não tinha chegado a um acordo pela compra da patente. O pedido de indenização foi negado no primeiro grau  e a empresa recorreu.

Para o desembargador relator Francisco de Assis Pessanha Filho, a Fifa "após reiterada utilização gratuita do produto, transferência de expertise e promessas de compra da patente, atuou em flagrante má-fé negocial, violando o nome da empresa autora e quedando-se inerte na concretização do negócio jurídico".

stj
Créditos: Wavebreakmedia | iStock

O valor da indenização também corresponde, de 2012 até o fim da exclusividade da patente da Spuni no Brasil, a todas as partidas oficiais organizadas no país ou por suas confederações hierarquicamente subordinadas. 

Com informações do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA