Michel Platini e Sepp Blatter são indiciados por fraude na Suíça

inteligência artificial
Créditos: Fabio Balbi | iStock

Os ex-presidentes da Fifa Joseph Blatter e da Uefa Michel Platini foram indiciados por fraude, pela justiça suíça. Desde 2015 os dois estão banidos dos órgãos dirigentes do futebol mundial.

Depois de seis anos de investigação, eles foram acusados por terem acertado ilicitamente um pagamento de 2 milhões de francos suíços da FIFA” (R$ 12,5 milhões), em favor de Platini, informou, o Office of the Attorney General (OAG), equivalente ao Ministério Público no Brasil, nesta terça-feira (2).

Jogo de Futebol
Créditos: PhonlamaiPhoto / iStock

“O OAG acusa Joseph Blatter de fraude, na alternativa de apropriação indébita, na alternativa adicional de má gestão criminosa, bem como de falsificação de um documento”, disse a entidade em um comunicado.

“Michel Platini é acusado de fraude, na alternativa de participar de apropriação indébita, para ainda na alternativa de participar em má gestão criminosa, como cúmplice, bem como de falsificação de documento”, complementa.

A acusação pode levar a cinco anos de prisão “ou a uma pena pecuniária” na lei suíça.

Com informações da Agência Brasil, France Presse e Reuters.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA