Unimed RJ deve indenizar cliente com obesidade mórbida que teve cirurgia bariátrica negada

Unimed Maceió
Créditos: AndreyPopov / iStock

A Unimed RJ foi condenada a indenizar uma paciente com obesidade mórbida e, com comorbidades a ela associadas por recusar a cobrir o procedimento de gastroplastia, mais conhecida como cirurgia bariátrica. A decisão foi da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ).

O laudo médico apresentado pela autora da ação Maria Teresa Guadalupe, atestou que a doença vem evoluindo ao longo dos anos apresentando comorbidades como esofagite, hipertensão arterial, diabetes e apneia do sono, já tendo a paciente inclusive se submetido a outros tratamentos clínicos, sem sucesso.

unimed plano de saúde
Créditos: yavdat / iStock

De acordo com os relatórios psicológico, nutricional e cardiológico, apresentados nos autos do processo (0200026-11.2020.8.19.0001) fica demonstrado que ela se encontra apta para se submeter a intervenção.

Para os desembargadores da 2ª Câmara Cível, a recusa do plano de saúde não encontra justificativa e é seu dever oferecer cobertura de tratamentos solicitados pelo médico que assiste o paciente.

plano de saúde
Créditos: sudok1 | iStock

Segundo os magistrados, que negaram o recurso da seguradora, a integridade psicológica e bem-estar da paciente foram afetados de modo significativo, uma vez que a Unimed Rio a deixou desemparada no momento em que mais necessitava de tratamento. Por conta disso, foi mantida a condenação ao pagamento de indenização fixada no valor de R$ 8 mil.

Com informações do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Linkedin. Participe de nossos grupos no Telegram e WhatsApp. Adquira sua certificação digital e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Digital, entre em contato conosco por email ou pelo WhatsApp (83) 9 93826000

DEIXE UMA RESPOSTA